Burel Montain Originals Burel Montain Originals
icon-search icon-close

A Origem das Ovelhas da Burel

Por um presente sustentado no futuro

A Burel nasceu nas montanhas da Serra da Estrela no interior de Portugal. É lá que garante as raízes e o saber de gerações. É de lá que vem a inspiração e a lã que lhe dá o corpo e o nome. É também nas montanhas que estão as ovelhas a servir de ponto de partida para um caminho de puro design alimentado pela sustentabilidade de um futuro assegurado.

Bio Sustentável

O natural é sempre melhor

Na Burel nada se perde, tudo se transforma. A lã é um recurso valioso e respeitado desde o inicio do crescimento até ao final da transformação na nossa fábrica em Manteigas. O seu uso é feito de forma racional e sustentável, tudo em função da procura do equilíbrio entre o que podemos e o que queremos produzir sem que isso afete o animal e o cliente. Porque o demasiado rápido carece em originalidade e o instantâneo está isento de qualidade.

Eco-Friendly

Com as Origens bem evidentes, a Burel respeita a natureza que a alimenta. É uma empresa com desperdício zero, zero uso de produtos químicos na lavagem da lã e a aliar o desenvolvimento da economia local à sustentabilidade comprovada pela felicidade das ovelhas que pastam ao ar livre nas encostas da Serra da Estrela, guiadas pelos pastores que as chamam pelo nome que o carinho apelidou.

Ovelhas Felizes, Clientes Felizes

Bordaleira é a raça das nossas ovelhas, autóctones da Serra da Estrela e da região norte de Portugal. De personalidade dócil, estatura mediana, esqueleto bem desenvolvido, corpo musculado, de cor branca ou preta e com o peso a variar entre os 50 e os 100kg.

A sua presença na região está registada nos séculos da história e as gentes da serra domesticaram-nas pela lã que sempre os protegeu da dureza do frio e pelo leite que definiu a economia e a gastronomia locais.

Desenhada pela natureza

A nossa lã é enriquecida pela alimentação natural fornecida pelas encostas da montanha, ricas em minerais e amaciadas pela humidade dos pontos altos. O pastoreio é feito ao ar livre, em sintonia com o ritmo das estações e dos pastores que as conduzem. Tudo isto é refletido na lã do animal e na qualidade do produto derivado dessa mesma lã que se torna sempre mais durável, resistente e confortável.

Cada ovelha produz cerca de 4kg de lã por ano. Depois de tosquiada a lã é curtida de forma a remover as impurezas, lavada, penteada à mão e só depois é armazenada para ser transformada na lã que conhecemos e no burel que nos identifica. 

Tosquia Manual

Um processo Natural

As nossas ovelhas são tosquiadas pelo menos uma vez por ano, normalmente no final do inverno.

Este é um processo obrigatório para o animal que só lhe traz benefícios: facilita a reprodução, elimina os parasitas, faz com que ingira mais alimento para os recém-nascidos surgidos na primavera e deixa-o mais fresco para o verão.

A tosquia é feita de forma manual e individual. É uma arte antiga mantida pelos saberes da serra com o tosquiador local a usar uma tesoura e a segurar a ovelha à mão. Tudo para diminuir ao máximo o stress do animal para que ele continue com a sua vida feliz e pacata.